segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Voluntariado na Australia

Eis que resolvi retomar com o trabalho voluntário aqui na Austrália. Já tinha feito uma vez no ano em que cheguei aqui, 2 em eventos específicos no Mardi Gras e outro mais longo, por 3 meses, em que eu ficava no saguão do fórum dando informação para as pessoas sobre as audiências. Mas aí comecei a fazer curso, depois consegui emprego no escritório que estou, e não deu mais tempo de fazer.

Agora, em parte por conta do novo curso que estou fazendo, em parte porque sempre gostei de fazer trabalho voluntário, resolvi retomar.

Primeiro devo esclarecer que achar um trabalho voluntário não é tarefa tão fácil como parece. Muitos fazem uma série de exigências, uma triagem inicial com entrevista, ou tem requisitos específicos (tipo ter carteira de motorista). E praticamente todos dão um treinamento antes de vc realmente começar o trabalho.

O primeiro passo para ser um voluntário é achar um. Os melhores sites na minha opinião para isso são o Seek Volunteer, o Fido, ou o GoVolunteer, mas na minha experiência eles costumam mostrar as mesmas vagas. Vc pode selecionar por área de atuação, por bairro, por tempo de comprometimento exigido, etc. Esse site aqui também tem bastante informação sobre o voluntariado na Austrália, incluindo um passo-a-passo.

Escolhido o trabalho, vc aplica online normalmente pro próprio Seek, onde eles fazem uma triagem e depois te passam o contato do responsável na organização que vc escolheu. Mas as vezes o contato já é direto com a organização.
Tem muitas vagas, mas é fácil notar que algumas áreas da cidade são mais carentes de voluntários que outras. As áreas mais pobres, principalmente no oeste, são as que normalmente tem mais ofertas.

Detalhe importante: voluntariado é muito difundido na sociedade australiana, e pega muito bem no currículo. Além de ser uma excelente oportunidade de vc desenvolver novas habilidades, se envolver com sua comunidade (bairro), treinar o inglês.

No meu caso, como eu trabalho full time, tive que buscar algum que fosse a noite e/ou fim de semana. E na mesma semana que comecei a buscar o St John estava anunciando que precisava de mais voluntários.

Pra quem não conhece, o St John Ambulance é uma organização mundial que presta serviços de primeiros socorros. Como eles descrevem no site da organização: “Active in Australia for over 130 years, St John Ambulance Australia is a self-funding, charitable organisation active in all States and Territories, dedicated to helping people in sickness, distress, suffering or danger. Providing services to a broad scope of the community, St John Ambulance Australia is the country's leading supplier of first aid services and training.

Aqui em Sydney eles se dividem em divisões espalhadas por diversas áreas (South, North, West, etc). A mais próxima de mim é a do sul, cujas reuniões/treinamentos ocorrem no bairro de Woolooware. E funciona um pouco como os escoteiros, no sentido de ter hierarquia, uniformes, broches. A medida que eu for me envolvendo mais conto mais detalhes.

O trabalho dos voluntários consiste em basicamente prestar atendimento de primeiros socorros em eventos espalhados pela cidade, mas existem outras áreas de atuação deles no atendimento a comunidade.

É um voluntariado de longa duração, que eles chamam, pois pedem comprometimento de pelo menos 1 ano. E realmente não tinha como ser menos, pois o treinamento que vc passa até poder estar apto pra realmente atuar nos eventos é longo e demora no mínimo 3 a 6 meses.

Ainda estou no primeiro mês, preenchendo a papelada (imensa!) e participando das reuniões que ocorrem toda terça-feira a noite e duram 2 horas. Quando estiver apta a atuar nos eventos, eles pedem uma disponibilidade de pelo menos um fim de semana por mês pra cobrir as escalas nos eventos, mas tem gente que faz bem mais que isso. Existem desde eventos pequenos, como uma feira escolar até eventos imensos como o City to Gong, uma maratona de bicicleta que vai do centro de Sydney até a cidade de Wollongong, que fica 80km ao sul de Sydney, e mobiliza um aparato enorme de profissionais, dentre médicos, enfermeiros, policiais, agentes de transito, paramédicos, voluntários.

Por enquanto posso dizer que está sendo um desafio imenso, porque todos falam imensamente rápido nas reuniões e com muitos termos técnicos/médicos que me deixam tonta. Por mais que eu até considere o meu inglês bom, meu vocabulário está longe de ser tão vasto, ainda mais na área de saúde. Fora a bruxa que coordena os voluntários que me dá nos nervos. Confesso que algumas semanas eu pensei em desistir, mas não é do meu feitio desistir de desafios. :)

Ainda fico mega tensa só de pensar em atuar sozinha num evento e ter que fazer um atendimento de emergência, mas tento não pensar nisso, um dia de cada vez. rs Fora que se todo mundo ali conseguiu, porque eu não conseguiria? Se bem que alguns dos voluntários são enfermeiros, então já saem na vantagem...

Pra esse post não ficar muito longo, vou deixar pros próximos a sabatina de documentos que muitos voluntariados pedem e o curso de primeiros socorros que tive que fazer. Aguardem as cenas do próximo capítulo. :)

6 comentários:

  1. Oi Denise, parabéns pela vontade de ajudar ao próximo, nem todos tem coragem de passar por tudo isso para poder trabalhar.
    Boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Existem também trabalhos em associações! Eu to de voluntária pro "Vinnies", aquelas lojas da Associação São Vicente de Paulo (ou St Vincent de Paul Society). Tem também a Cruz Vermelha, Lifeline...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei, já cheguei a contatar o Vinnies para fazer meu estágio, mas eles não quiseram me aceitar. Eles aceitam como voluntário, mas não pro work placement que preciso fazer pro curso. :(

      Ainda tenho muitas outras organizações para contatar (incluindo a Red Cross), só me falta tempo...rs

      Excluir
    2. dei uma olhada no que vc escreveu e tbm nos sites que vc passou pra gente, mas não encontrei a resposta queria, gostaria de saber se os sites Seek Volunteer e Govolunteer é obrigatório está na Australia pra se increver? Acabei de fazer meu voluntaria na Alemanha, gostaria de saber como posso me inscrever em algum trabalho voluntário antes de retornar pra Alemanha , esse é meu email:carlosfreiheit@yahoo.de

      Excluir
    3. Carlos, não sei te afirmar com certeza, talvez existam voluntariados que aceitem estudantes internacionais. Mas eu acredito que pra maioria vc precisa estar aqui sim, até porque eles ligam e fazem uma entrevista por telefone. A outra coisa é que já ouvi muitos relatos de quem está aqui com visto de estudante dizendo ser quase impossível conseguir ser aceito em algum trabalho voluntário, normalmente eles só aceitam visto de residência até porque a maioria exige algumas certidões como police check ou working with children check (se o trabalho tiver algum contato com crianças).

      Excluir